Veja também:

Entrou na zona de conforto no trabalho? Cuidado!

 

Entrou na zona de conforto no trabalho? Cuidado!

Ao mesmo tempo em que nos adaptamos ao chefe novo e às cobranças novas, temos de nos adequar às mudanças no padrão de consumo e conforto

Passamos a maior parte de nossas carreiras ralando para alcançar momentos de contemplação, aqueles em que olhamos ao redor e nos orgulhamos não só do que fizemos, mas também do que conquistamos. Quando estamos insatisfeitos com o momento presente, desdobramo-nos em sacrifícios para conseguir subir alguns degraus.

Nesses períodos, dormimos menos, renovamos conhecimento paralelamente ao trabalho, abrimos mão de férias e lapidamos nossas habilidades políticas para colhermos oportunidades de networking. Costuma-se tratar isso como estratégia de carreira ou busca de realização pessoal. Convenhamos, o que realmente buscamos é o aumento da renda e a melhora no padrão de vida.

Após um aumento, uma promoção ou uma mudança de emprego, atravessamos um período de adaptação. O estresse da novidade nos faz redobrar a atenção e a dedicação, a fim de retribuirmos toda a expectativa que foi depositada em nossa capacidade. O aumento na dose de estresse é geralmente sublimado pelos efeitos da nova condição financeira ou dos novos benefícios.

Ao mesmo tempo em que nos adaptamos a chefe novo, ambiente novo e cobranças novas, temos de nos adequar às mudanças no padrão de consumo e conforto. Muitas novidades, que trazem consigo a motivação necessária para superar o estresse.

 

Após a conquista, temos dois caminhos: continuar conquistando ou dar um tempo e contemplar a conquista. A segunda opção é como um voo de cruzeiro. Se não mudarmos a rota, teremos menos estresse e menor risco de imprevistos.

 

O consumo familiar permanecerá estável, facilitando a organização do orçamento e reduzindo a possibilidade de problemas financeiros. Essa fase de colheita é boa, desde que queiramos essa rotina para sempre.

 

Porém, a rotina traz o risco da acomodação. Com ela, a ameaça de não acompanharmos a evolução de concorrentes mais ambiciosos. O momento da colheita é também uma perigosa zona de conforto. Aproveitá-lo é sublime, mas sair dele é o caminho para encontrar mais oportunidades.

 

Pertencer empregos, cursos e treinamentos Caxias do Sul e Joinville 

Please reload

Pertencer na Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT)

October 7, 2014

1/10
Please reload

Posts Recentes

February 11, 2015

Please reload

Arquivo
Please reload

© 2014 by Pertencer.

Telefone para Contato: 3419-7294

Rua Silveira Martins,1310 Bairro: Cristo Redentor - Caxias do Sul/RS